Tratamento psiquiátrico


Tratamento psiquiátrico

Como funciona uma Clínica Psiquiátrica?

Clínicas psiquiátricas são instituições que contam com todos os profissionais necessários para tratamento efetivo, medicamentoso e terapêutico, de pacientes com alguma condição psiquiátrica.

A internação psiquiátrica no Instituto Aron é dedicada à saúde mental dos pacientes e fornece tratamento para pessoas com doenças graves, como psicose, esquizofrenia, transtorno bipolar, depressão, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e outros – com abordagens validadas pela ciência e com todo o respeito e empatia aos pacientes.

Com uma ampla gama de cuidados, desde internação a ambulatório e programas de tratamento interno, nossa ala psiquiátrica foi cuidadosamente construída para oferecer a criação de novos e saudáveis hábitos e manter os pacientes em segurança.

O foco está no tratamento de doenças mentais, fornecendo avaliações psiquiátricas, prescrevendo medicamentos e oferecendo terapias como terapia cognitivo-comportamental (TCC), terapia comportamental dialética (DBT), psicoterapia de apoio e terapia familiar. Também oferecemos outros tratamentos para promover o bem-estar mental dos pacientes, incluindo arteterapia, musicoterapia, terapia recreativa e terapia com animais de estimação.

Nosso corpo profissional é composto por psiquiatras, psicólogos, enfermeiros e outros profissionais treinados que prestam atendimento a pacientes 24 horas por dia. Os pacientes têm acesso a seus próprios quartos, bem como a espaços compartilhados para promover a socialização e a interação.

Como funciona a internação psiquiátrica?

As internações psiquiátricas, de acordo com a legislação brasileira, podem ter configurações: voluntária, involuntária e compulsória.

A primeira é quando o paciente, por vontade própria, decide se internar para tratar sua condição. A segunda normalmente é conduzida pela família ou responsáveis do paciente, mas para ser feita, é preciso que um médico psiquiatra emita um laudo atestando a necessidade de internação do paciente. Por fim, a internação compulsória é feita por decisão judicial.

Existem várias razões pelas quais uma pessoa pode ser internada em uma clínica psiquiátrica. Algumas delas são:

- Pensamentos suicidas;

- Dano físico a si mesmo ou a outros;

- Abuso de drogas e/ou álcool associado a condições psiquiátricas;

- Sofrimento emocional intenso ou ansiedade;

- Autodestruição ou incapacidade de cuidar de si mesmo;

- Ameaçar a segurança de outras pessoas;

- Dificuldade extrema em conviver em sociedade;

- Ter uma doença mental que não pode ser tratada em ambiente ambulatorial.

Internações psiquiátricas involuntárias são geralmente reservadas para aqueles que representam um perigo para si mesmos ou para os outros como resultado de sua saúde mental. Estes também podem ser usados ??como uma alternativa ao tempo de prisão no caso de reincidentes cujas ações foram o resultado direto de seus sintomas psiquiátricos, como esquizofrenia não tratada ou depressão aguda.

O que esperar da internação psiquiátrica?

Depois de internado em uma clínica psiquiátrica, o paciente continuará recebendo tratamento e cuidando de sua condição até que esteja estável o suficiente para voltar à comunidade. Os pacientes geralmente precisam permanecer na enfermaria por vários dias até várias semanas, dependendo de seus sintomas e seu progresso.

Enquanto estiver internado, o paciente receberá um plano de tratamento individualizado de acordo com sua condição. Como existem diferentes tipos de transtornos psiquiátricos, os pacientes geralmente recebem tratamentos que vão desde o gerenciamento de medicamentos até terapia familiar ou sessões de terapia em grupo.

Blog

Instituto Aron
12/06/2024

Instituto Aron

Entenda mais sobre essa clinica psiquiatrica especializada

RJ SP